Conheça a trajetória do Secretario de Cultura e pré-candidato a Vereador do PCdoB de Santo André Professor Davidson

A secretaria de comunicação do PCdoB de Santo André começa uma série de entrevistas com os militantes e filiados que fazem acontecer o PCdoB em Santo André, hoje trazemos uma entrevista com o secretario de cultura do PCdoB e pré-candidato a Vereador pela sigla Professor Davidson Ribeiro, confira:

PCdoB – Professor Davidson como foi seu ingresso no PCdoB de Santo André e a ­­experiência de ter disputado as eleições de 2012 pelo partido? 

Professor Davidson – No final da década de 80 eu cursava Ensino fundamental II (antigo Ginásio) em uma Escola de Santo André (Oscavo de Paula e Silva) e tive aula com uma Professora chamada Ledenice, que magicamente nos dava aula de História do Brasil, onde tive o prazer de aprender como foi as lutas de classes no Brasil tanto na zona rural, como na zona urbana e um dos capítulos que me comoveram foi a luta do PCdoB contra o Regime autoritário no Brasil.

Com o passar do tempo fui funcionário de uma escola particular onde fiz amizade com a antiga Classe Média, nessa época também frequentava os redutos do samba do ABC colecionando uma série de amizades, mas tarde após a primeira graduação me tornei professor e continuei frequentando os sambas do ABC. Esses dois polos (escola e samba) me deixaram popular, onde várias pessoas sugeriam para que eu me tornasse um candidato a vereador, até porque já havia deslanchado o meu outro hobby (atividades sociais). Foi ai então que resolvi conhecer um partido político próximo as minhas ideologias. E porque não o partido que minha professora ginasial me provocou o interesse de estudá-lo no final da década de 80.

E como quando você deseja algo e vai atrás, o próprio universo conspira a seu favor, encontrei um amigo (Renato Ramos) do qual eu e minha família havia votado na eleição anterior e em uma rápida conversa, ele marcou uma reunião com o então Presidente do PCdoB da época (Renan Arrais) e logo após da reunião eu já era um militante e Pré-Candidato do PCdoB.

Ser candidato foi uma experiência emocionante, com pouca estrutura e experiência até então, o diferencial foi amigos e família que ajudaram a conseguir uma votação significante do qual me fortaleceu para que eu continuasse as atividades sociais.

Professor Davidson falando ao público no dia da consciência negra.

Professor Davidson falando ao público no dia da consciência negra.

PCdoB – Você acredita que a disputa da última eleição lhe trouxe mais experiência e vivência nos movimentos sociais?

Professor Davidson – Sim, me trouxe muita experiência. Ser candidato a vereador te deixa muito próximo a população, e a população faz diversos apelos em relação a saúde, segurança, moradia, educação e transporte por exemplo, isso fez com que logo depois da apuração eu dormisse, acordasse, analisasse a campanha e imediatamente começasse a traçar novos planos para as atividades sociais.

PCdoB – Fale um pouco pra gente do seu trabalho na escola de samba Seci.

Professor Davidson – Em 2011 cheguei na Seci com a proposta de realizar um evento chamado Entrega do Troféu Dia Nacional do Samba, onde iriamos homenagear músicos do samba da região, o Projeto foi bem aceito pelo Presidente da Escola (Ricca), logo em seguida junto com amigos fundamos o Samba Solidário de Santo André que arrecada alimentos mensalmente para famílias em dificuldades financeiras.

Em 2015 fui convidado para ser o Vice Presidente da escola. Aceitei e propus juntar meu conhecimento de gestor com os competentes carnavalescos da escola. E como resultado temos uma constante reforma da quadra, atividades sociais e temáticas durante todo o ano.

Professor Davidson em atuação como Vice-Presidente do Seci.

Professor Davidson em atuação pelo Seci.

PCdoB – E sobre o Professor Davidson profissional, como consegue fazer tantas atividades culturais e políticas casadas com a profissão de professor que certamente lhe consome muito tempo, principalmente preparando aulas.

Professor Davidson – O segredo é viver intensamente, aproveitando cada segundo que você respira.

Devido aos 16 anos de experiência em sala de aula e domínio no uso da Didática e Recursos Pedagógicos tenho facilidade em preparar as aulas, onde faço em meus intervalos e janelas, tenho um bom relacionamento com os alunos então as aulas fluem bem.

Em relação a política, as leituras e reuniões partidárias permitem eu estar bem politizado e as atividades sociais e culturais é como se fosse um hobby, mas tratado com seriedade, é mais ou menos assim ao invés de eu ir jogar um futebol eu vou apresentar um evento na cidade, ao invés de eu ir jogar um bilhar eu vou promover um samba e arrecadar como entrada alimentos.

Agora vocês podem me perguntar e a sua família como fica? E eu respondo: A vida de um militante e líder comunitário faz com que você tenha menos tempo em casa, porém não o lhe torna ausente, por eu acordar cedo e dormir tarde, consigo acompanhar os estudos da minha filha, tomar café com ela, levá-la ao shopping e almoçar com minha mãe por exemplo. Tenho 40 anos e quero passar dos 100 com saúde, por isso tenho convicção que terei muito tempo para curti-los e o outro ponto interessante é que irmã, primos e tios me visitam nas atividades, então estamos sempre juntos.

Outro projeto de Professor Davidson com a caminhada orientada.

Outro projeto de Professor Davidson com a caminhada orientada.

PCdoB – E outro projeto que temos visto com bastante destaque é o samba solidário fale um pouco pra gente sobre seu funcionamento.

Professor Davidson – É uma história interessante. Em 2010 eu tinha um domingo arrendado em uma casa de samba e na mesma avenida tinha uma outra casa de samba onde disputávamos os clientes.

Um belo dia a outra casa anunciou que iria trazer um cantor carioca famoso, e que todos os domingos teriam atração de “peso” e consequentemente o meu evento iria falir. Porém eu tive uma ideia, convidar todos os grupos que passaram pela casa durante o ano para tocar no domingo e competir com a grande atração da outra casa. Isso me garantiria a casa cheia, senão tivesse cliente, teria então uma casa cheia de músicos. E deu certo nesse dia os clientes preferiram prestigiar vários grupos em um evento gratuito do que pagar caro para ver um músico famoso. Consequentemente a minha casa ficou cheia e a outra cancelou o show.

De início comemorei, mas depois veio o remorso, pois seguranças, pessoas da limpeza, bar, caixa e outros não teriam o pagamento devido o cancelamento do show.

Foi ai então que me veio a ideia em montar o samba solidário, onde além de arrecada alimentos promoveria a solidariedade entre os grupos e casas de samba da região. Hoje o samba solidário de santo André, abastece várias famílias, mantem uma escolinha de futebol e participa de outras doações para diversos tipos de atividades sociais.

Deliberações da Reunião do secretariado do PCdoB Santo André

Reunião do secretariado do PCdoB definiu ações

Reunião do secretariado do PCdoB definiu ações

• 08 de março às 18h30 (segunda feira): Café com as Mulheres;

• 09 de março às 19h (quarta feira): Curso de Formação sobre Legislação Eleitoral e Comunicação;

• 12 de março (sábado): Parada Lilás;

• Organizar as atividades de “Ocupação Cultural” das praças de Santo André (Indicação Professor Davidson).

ARAGUAIA PEDE JUSTIÇA A ASSASSINATO DE COMUNISTAS NA ESTRÉIA DA COPA SANTO ANDRÉ

A Associação Esportiva Araguaia venceu o Santo Alberto por 2×1 em sua primeira partida pela Copa Santo André 2016 e se classificou para a próxima fase, e mais do que a vitória e o bom futebol a equipe vermelha fez uma bonita homenagem aos comunistas mortos recentemente e Minas Gerais e no Pará. O time entrou com uma faixa em campo com os dizeres “A Associação Esportiva Araguaia pede rigor e justiça nas investigações dos assassinatos dos camaradas Moises Gumieri – PCdoB/MG e Luiz Bonfim – PCdoB/ São Domingos do Araguaia/PA”.

Araguaia entrou em campo pedindo justiça pelo assassinato de comunistas em MG e no PA

Araguaia entrou em campo pedindo justiça pelo assassinato de comunistas em MG e no PA

Entenda os casos
 
Moises Gumieri
 

O prefeito de Chiador, Moises da Silva Gumieri, foi assassinado na noite desta terça-feira (9) em um clube da cidade. De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime ocorreu por volta das 19h e foi presenciado pelo filho da vítima, de nove anos. A família informou que o velório será na casa da vítima e aberto ao público, mas não disse o horário.

Gumieri tinha 36 anos e foi eleito pelo Partido dos Trabalhadores (PT) no primeiro turno das eleições de 2012, com 52,41% dos votos válidos (1.456 votos). Em 12 de dezembro de 2015, ele se filiou ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB).

Ainda segundo a PM, a vítima foi atingida por cinco tiros efetuados por dois autores. Moises estava no clube, que fica perto da residência dele, acompanhando um jogo de futebol entre crianças da cidade, até que foi chamado pela dupla para fora do local. Em seguida, os suspeitos atiraram. O filho de nove anos estava com ele e presenciou o crime.

Luiz Bonfim

Mais uma liderança pelos direitos à terra foi assassinada no Pará. Luiz Antônio Bonfim, de 45 anos, era presidente do PCdoB e também estava à frente de uma ocupação de sem terra na comunidade de Brejo Grande do Araguaia. Ele foi assassinado na sexta-feira (12), em São Domingos do Araguaia, sudeste do estado.

Luiz defendia a desapropriação de áreas para reforma agrária na região. Ele foi morto a tiros na cabeça enquanto comprava pão em um estabelecimento da cidade. Mas a polícia, por enquanto, afirma que não há evidências de crime ligado à questão agrária.

Confira a entrevista com o meio campo do Araguaia Gedeon

A secretaria de comunicação do PCdoB de Santo André falou um pouco com o meio campo do Araguaia Gedeon, o atleta de 21 anos de idade que já defendeu as categorias de base do Esporte Clube Santo André e no futebol amador atuou pelo Comercial e Jardim Irene comentou sobre a participação do time no torneio de verão, expectativas para a Copa Santo André, relação fora do campo com diretoria e comissão técnica além de posições ideológicas da agremiação, confira:

Secretaria de Comunicação – Qual as expectativas para o torneio de verão, como você viu as primeiras partidas e o que espera para o restante da competição?
Gedeon – As expectativas é de ser Campeão ! As Primeiras partidas eu vi o time crescendo em todos os sentidos , tanto dentro como fora de campo . A última partida tivemos uma derrota , mais nada que abalasse o foco de todos . E pro restante da competição espero ainda mais crescimento , e resolver alguns detalhes que precisamos.

Gedeon já passou pela base do E.C. Santo André, Comercial e Jardim Irene

Gedeon já passou pela base do E.C. Santo André, Comercial e Jardim Irene

Secom – E para a Copa Santo André o que esperar da equipe, amanhã a estréia diante do Santo Alberto uma equipe tradicional do futebol Andreense pode de alguma forma deixar a equipe nervosa em campo?
Gedeon – Na Copa Santo André podemos esperar uma equipe competitiva e guerreira como temos visto no campeonato de verão ! E amanha é um grande desafio pra gente , Sabemos da historia que o Santo Alberto tem no futebol andreense mais não conhecemos nada da equipe atual deles . Não acredito que cause nervosismo mais devemos ter atenção o jogo inteiro e respeitar muito a equipe deles e a sua história !

Secom – Como você avalia que está sendo o planejamento da diretoria e da comissão técnica do Araguaia para as competições?
Gedeon –
Se fosse pra dar uma nota de avaliação a diretoria e comissão seria ótimo . Muito boa organização e muito bom o planejamento !

Gedeon acredita que confronto contra o Santo Alberto não trará nervosismo ao Araguaia

Gedeon acredita que confronto contra o Santo Alberto não trará nervosismo ao Araguaia

Secom – Recentemente dois importantes membros do PCdoB foram covardemente assassinados, um Prefeito de Chiador Cidade de MG e outro Presidente do PCdoB de São Domingos do Araguaia no Pará, qual mensagem você deixa a família e amigos destes camaradas?
Gedeon – É triste saber que nos dias atuais ainda vivemos casos como esse de mortes por conotações politicas , diante qualquer diferença na vida precisamos ter um dialogo apaziguador o respeito e a democracia precisam prevalecer . Estaremos rezando pela familia , pela vida , por nosso país !

Secom – De alguma forma a relação política do time, uma ideologia que lutou contra a ditadura, fazendo o enfrentamento as tropas do exército no Araguaia motiva o time em campo? A figura do Osvaldão como líder da Guerrilha, até então atleta e negro fazem com que vocês em campo se esforcem e se dediquem mais pelo Araguaia?
Gedeon – Sim ! nos motiva muito , pois somos uma equipe que ja nasceu com esse referencial de lutas . E independente da posição social ou politica dos atletas essa luta faz parte da nossa historia e levamos isso pra dentro do campo . Creio que poucos no time conhece a historia e a figura do Osvaldão , e nas palestras e conversas antes do jogo a diretoria e a comissão procura passar bastante pra gente esse exemplo , e dessa forma cresce bastante o desempenho e motivação também . Acredito que através disso vem melhorando nosso esforço e dedicação.

 

Araguaia encara Santo Alberto na estréia da Copa Santo André 216

A Associação Esportiva Araguaia terá na tarde deste sábado (20/02) a partida mais importante da sua curta história diante da equipe do Grêmio Esportivo Jardim Santo Alberto, equipe que já foi campeã da divisão especial da Cidade nos anos 90. O Araguaia vem de uma boa sequência no torneio de verão onde ocupa posição que lhe dá a classificação para a próxima fase caso o torneio terminasse hoje.

10346311_560750294088468_6807433996157472222_n

As partidas da Copa Santo André são eliminatórias, em jogo único onde persistindo o empate a decisão do classificado sai nas cobranças de penalidades máximas.

O Araguaia convoca a militância do PCdoB a comparecer e apoiar a equipe neste importante desafio.

ARAGUAIA VAI PEDIR JUSTIÇA NOS CASOS DE ASSASSINATOS DOS COMUNISTAS EM MG E NO PARÁ

A Associação Esportiva Araguaia vai entrar em campo neste fim de semana além de buscar suas vitórias na Copa Santo André e no Torneio de Verão pedir JUSTIÇA pelos assassinatos dos nossos camaradas do PCdoB de Chiador/MG o Prefeito Moises Gumieri e do Presidente do PCdoB de São Domingos do Araguaia/PA Luiz Bonfim!

12744077_561773173986180_5547917855333533762_n (1)

Dicas para os candidatos a vereador pelo PCdoB

12718331_803467599784113_6804045560728945554_n

Por Wellington Duarte*

As eleições municipais se aproximam e o PCdoB apresentará diversas candidaturas pelo país afora, quer para vereadores, quer para prefeitos, além de participar como apoiador em várias outras candidaturas majoritárias.

O Partido tem sua linha geral, que deverá ser observada por todos os candidatos do mesmo, embora as condições atuais mostrem que nem sempre os candidatos do Partido defendam o ideário marxista-leninista, e até saiba sequer o que significa, sinal das dificuldades da aplicação da linha de massas acertadamente adotada pelo Partido para essa conjuntura.

A candidatura majoritária apresenta características específicas que tratarei num outro momento, mas as candidaturas às câmaras municipais exigem, por parte dos pleiteantes, uma aproximação mínima com o Programa do Partido, adequado às especificidades do município.

Em primeiro lugar deve ficar claro ao candidato a vereador do Partido, que ele não é candidato a prefeito, portanto não é ordenador de despesa. Portanto, não pode prometer, já que não tem poderes para cumprir e/ou realizar obras, resolver problemas da saúde, da educação, do esporte, da cultura, do lazer, do asfalto, do meio ambiente, do trânsito, dos loteamentos e casas populares, etc.

Em segundo lugar o candidato do Partido precisa saber o seu papel e esclarecer isso aos eleitores do município. É um trabalho importantíssimo pois o diferencia dos demagogos e mentirosos. O candidato do Partido deve passar aos eleitores essa informação. E que funções tem o vereador?

1 – Função Legislativa: consiste em elaborar as leis que são de competência do Município, discutir e votar os projetos que serão transformados em Leis, buscando organizar a vida da comunidade.

2 – Função Fiscalizadora: o Vereador tem o poder e o dever de fiscalizar a administração, cuidar da aplicação dos recursos, a observância do orçamento. Também fiscaliza através do pedido de informações.

3 – Função de Assessoramento ao Executivo: esta função é aplicada às atividades parlamentares de apoio e de discussão das políticas públicas a serem implantadas por programas governamentais, via plano plurianual, lei de diretrizes orçamentárias e lei orçamentária anual (poder de emendar, participação da sociedade e a realização de audiências públicas).

4 – Função Julgadora: a Câmara tem a função de apreciação das contas públicas dos administradores e da apuração de infrações político-administrativas por parte do Prefeito e dos Vereadores.

O candidato a vereador, que se apresenta como DIFERENTE, deve propor, dessa forma, um rígido controle sobre a aplicação dos recursos da prefeitura e deve se comprometer com a população em fazer com que o prefeito mantenha suas contas públicas transparentes.

Em segundo lugar um candidato do Partido não pode e nem deve esquecer que ele está se candidatando por um partido que defende os interesses dos trabalhadores e das camadas mais pobres da população, e nesse sentido suas propostas de atuação como vereador devem ser voltadas para esses setores.

Em terceiro lugar, um candidato a vereador pelo PCdoB deve conhecer sua cidade, seu município, sua região. É necessário que o candidato demonstre que tem conhecimento das dificuldades do seu município, pois essa informação pode fazer com que o eleitor, mesmo com um baixo nível de informação, perceba a diferença entre essa candidatura e as demais.

Em quarto lugar, um candidato a vereador pelo PCdoB deve se mostrar minimamente preparado para possíveis e prováveis questões que envolvem o nosso Programa. Suas posições pessoais devem ser respeitadas, mas o candidato não pode e nem deve apresentar-se ao eleitorado como “independente”, ou seja, em questões polêmicas o candidato a vereador deve dizer que “está participando da discussão dentro do Partido”. Esse posicionamento visa reforçar o Partido, seu principal alicerce.

Esses quatro fundamentos básicos representam o básico que um candidato a vereador pelo Partido deve seguir, lembrando que um vereador do PCdoB representa para ele um diferencial importante junto a sua comunidade, e um fundamental para o crescimento e fortalecimento do Partido.

*Wellington Duarte é Professor do Departamento de Economia da UFRN, Doutor em Ciência Politica pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS) da UFRN, Presidente do ADURN-SINDICATO, membro do Diretório Estadual do PCdoB

Gaviões da Fiel ABC mandou seu recado em desfile ao Governador ladrão de merenda

A Gaviões da Fiel sub-sede ABC que tem como Presidente o filiado e militante do PCdoB de Santo André Émerson Cachorrão aproveitou o momento de abertura do carnaval de Santo André no último domingo (07/02) para protestar contra as denúncias que estão sendo colocadas em público sobre o superfaturamento de merenda escolar pelo Governo Tucano de Geraldo Alckmin.

Crianças da Gaviões levaram no desfile a faixa "Ladrão de Merenda"

Crianças da Gaviões levaram no desfile a faixa “Ladrão de Merenda”

A Comissão Política Estadual do PCdoB de São Paulo de 2016

estadual partido

Orlando Silva, presidente do Partido e deputado federal, expôs o quadro atual da conjuntura e Rovilson Brito, vice-presidente apresentou uma resolução eleitoral que norteará o projeto partidário, nos próximos meses, mais precisamente o final do mês de abril.

Segundo Orlando, o inicio de 2016 difere do conturbado 2015, em que a oposição, pós derrota eleitoral de Aécio, saiu fortalecida e imprimiu um ritmo de desgaste político ao segundo governo Dilma. O ano que se iniciou, demonstra que a oposição não tem o mesmo fôlego, porém, a crise econômica mundial que resvala no Brasil continua afetando a renda e o emprego dos brasileiros e isso é um indicador de que a calmaria política irá se acirrar durante o ano. Porém, um ponto importante, foi que a curva do desemprego desde outubro estagnou-se, o que é um fator positivo mediante a crise, pois a tendência era de aumentar o desemprego.

O governo Dilma tenta mecanismos para retomar o crescimento econômico, mesmo com a retração em curso, e no cenário político acena para recompor a base do governo.

Isso ficou claro na retomada do “Conselhão” que pautou essas dificuldades e a busca para agir para que o país saia da estagnação. Um destaque importante para os comunistas é que o ex presidente nacional, Renato Rabelo, assumiu a secretaria-executivo do Conselho que é composto por 45 empresários, 20 representantes dos trabalhadores e 25 da sociedade civil.

Na atual conjuntura, ganha foco a disputa pela liderança do PMDB, principal aliado Petista, que ano passado se viu envolvido numa crise política protagonizada por Michel Temer, vice presidente da República. Essa disputa indicará se o PMDB recompõe com o PT ou causa grave crise institucional. O que tem paralisado as conversas da base.

Outro ponto levantado foi o foco ao ex presidente Lula, que tentam desmoralizá-lo, através da mídia, para atingir o nosso projeto de 2018.

Por outro lado, o PSDB tem dificuldade em sua unidade. Aécio tenta ser o nome de consenso para o pleito de 2018, mas encontra José Serra e Alckmin costurando politicamente para se viabilizarem na disputa.

Dentro deste cenário, uma peça importante no jogo de 2018 é a entrada de Ciro Gomes no PDT na disputa.

Em São Paulo, os tucanos vivem um desgaste político no início desse ano, bem diferente do inicio de 2015, em que Alckmin veio com força pelo rescaldo das eleições. Mas os casos atuais como a Ocupação das Escolas, protagonizada pelos os estudantes e que levou o secretario da educação sair, causou uma fissura no governo. Recentemente, o deputado tucano, Fernando Capez, ganha holofotes sobre a frauda nas licitações das merendas escolares.

Mas, mesmo com esses episódios, o governador continua blindado e procura mirar nas disputas das prefeituras municipais e lançar nomes fortes em 2016.

Orlando relembrou a desfiliação de Pedro Bigardi, membro da Comissão Política, e ressaltou Pedro não teve nenhum argumento consistente para a sua saída. O PCdoB fez de tudo para Bigardi se mantivesse nas fileiras comunistas, mas ele argumentava que, em se mantendo no PCdoB, que tem aliança nacional com o PT, poderia inviabilizar sua reeleição.

Rovilson apresentou o Projeto Eleitoral (leia abaixo) destacando que o a resolução tem prazo de validade. Ou seja, o projeto desenhado vai até final de abril de 2016, em que fechará as janelas para candidatos e parlamentares eleitos mudarem de sigla.

Além disso, o vice presidente salientou que o jogo está aberto. Os dois pólos PT e PSDB se encontram em dificuldades, a disputa do seio tucando entre Serra e Alckimin continua e o desgaste político dos Petistas, mediante os escândalos propagandeados pela mídia, muitas vezes sem nenhuma base consistente.

Rovilson enfatizou a disputa na Capital de São Paulo que tem relevância nacional. “O PCdoB precisa acumular o debate sobre essa disputa para o partido avançar. Para isso, ampliar a chapa é o nosso foco”.

Ao final da reunião foi aprovado o Grupo de Trabalho Eleitoral com os camaradas. Rovilson Brito, André Bezerra, Vanius Oliveira, Rodrigo Carvalho e Bruno Prado.

PROJETO DE RESOLUÇÃO ELEITORAL

1. As eleições deste ano se realizarão num clima de grande tensão política e de acirrada disputa política e ideológica;

2. Contribui decisivamente para este contexto a ofensiva oposicionista em âmbito nacional que, desde a derrota sofrida em 2014, age abertamente para interromper o governo de Dilma Rousseff e para agravar a crise econômica;

3. A crise econômica: uma combinação danosa da crise internacional com dificuldades internas acaba por ampliar a insatisfação popular em função do crescente desemprego, das taxas inflacionárias, da desaceleração da economia e da sensação clara de perdas de conquistas;

4. Além da fragilização do executivo, há uma crise de grandes proporções envolvendo a Câmara dos Deputados, na qual o governo não conseguiu ainda constituir maioria consistente, onde será deliberada a questão do impeachment e que é presidida por um personagem sem a menor credibilidade, mas que exibe força de resistência;

5. Soma-se a estes elementos a ação da operação Lava-Jato que de maneira permanente traz novos denúncias e envolvimentos, mantendo em pressão alta todo o mundo político;

6. As alterações nas regras do processo eleitoral também acabaram por gerar instabilidade, especialmente a questão do financiamento;

7. Estes elementos ganham contornos específicos em nosso Estado: centro da oposição conservadora; palco das maiores manifestações contra o governo federal; governado de maneira ininterrupta por mais de 20 anos pelo tucanato;

8. Necessário registrar também: espaço de importantes lutas populares; palco de importantes manifestações em defesa da democracia e do mandato de Dilma; local de resistência popular e dos trabalhadores;

9. O campo liderado pelo PSDB busca nas eleições deste ano uma vitória avassaladora que debilite seu principal oponente nacional, o PT, e que posicione suas lideranças para o pleito de 2018, com destaque para Alckmin, mas também com pretensões de Serra;

10. O governo de Alckmin colheu recentemente seus piores índices de aprovação. Sofreu importante derrota na reorganização do sistema escolar. No entanto, exibe ainda um amplo leque político e força importante em todo o Estado;

11. Nosso campo sofre dificuldades em função do prolongado desgaste do PT e do ataque permanente do sistema oposicionista conservador;

12. É preciso ressaltar, no entanto, que as eleições têm caráter municipal e, portanto, a temática local terá centralidade. O que abre em um grande número de cidades, contraditoriamente, possibilidades para que o PCdoB cresça e se firme com identidade, em disputas majoritárias e proporcionais;

13. Nossos objetivos: Na batalha eleitoral de 2016 é buscar: a) ter protagonismo em disputas majoritárias em torno de prefeituras, tendo como prioridade a eleição de nosso Deputado Átila em Mauá, mas também em número ampliado de municípios – combinando a disputa efetiva em certos centros – com a ocupação de espaço e auxílio ao objetivo de eleição de vereadores em outros. b) ampliar nossa presença nos legislativos locais, com destaque para a capital e os 26 municípios com segundo turno. c) ocupar, em composição, espaço de vice em chapas competitivas. d) dialogar com todas as forças políticas do Estado, com acento principal naquelas que compõem nosso campo político nacional. e) pautar as decisões visando essencialmente à ampliação do protagonismo e da força partidária. f) nos lugares em que decidirmos por apoio a outras legendas buscarmos firmar os acordos futuros, como participação no governo e compromissos para com o pleito de 2018.

14. É diante deste quadro adverso, mas também contraditório, já que abre possibilidades para uma força como o PCdoB para se firmar e ampliar, que enfrentaremos a batalha eleitoral;

15. Fase decisiva desta batalha será travada do mês de março, tendo seu encerramento no dia 03 de abril. É o prazo final para filiação daqueles que participarão com candidatura nas eleições de 2016.

16. Será também o período da chamada janela, que permite a mudança de legenda, sem perda de mandato, de prefeitos e vereadores.

17. Precisamos enfrentar com atenção máxima esta fase. Ela desenhará com que forças e nomes poderemos disputar as eleições;

18. É preciso consolidar todas as lideranças que já optaram pela legenda partidária e é o momento de buscar novas filiações que potencializem o papel do Partido. É uma disputa difícil e tensa que precisa do empenho de todas as direções e quadros partidários;

19. Neste sentido fazemos um chamamento para que o Partido atue em alerta máximo diante destes objetivos no próximo período. Dependerá do resultado desta fase toda batalha seguinte.

Comissão Política Estadual

Araguaia empata com Deportivo Gaza em 1×1 mas segue na liderança e invicto no torneio de verão 2016

A Associação Esportiva Araguaia enfrentou o Deportivo Gaza e empatou em 1×1 numa partida marcada pelo forte calor em Santo André. O Araguaia começou com mais domínio de bola e num belo chute de fora da área o meia Gedeon fez 1×0.

Gedeon fez um golaço de fora da área

Gedeon fez um golaço de fora da área

Criando mais oportunidades e trabalhando mais a bola o Araguaia teve mais oportunidades de ampliar o placar. No segundo tempo ambas as equipes sentiram muito o desgaste por conta do forte calor e o ritmo do jogo caiu um pouco, e nessa diminuição do ritmo o Gaza aproveitou e num lance onde o goleiro Jonathan salvou duas vezes o time do bairro Santa Cristina empatou. O Araguaia ainda teve o lateral-esquerdo Igor expulso e vai cumprir suspensão na próxima partida diante do Vila Suiça.

União dos jogadores tem sido o diferencial do Araguaia

União dos jogadores tem sido o diferencial do Araguaia

Invicto e na liderança

Mesmo com o empate a Associação Esportiva Araguaia segue invicta na competição e na liderança com 04 pontos.

Goleiro Jonathan estreou bem na meta do Araguaia

Goleiro Jonathan estreou bem na meta do Araguaia